Créditos da foto acima para o tumblr katherinephotographys

Danielle Panabaker está aproveitando suas férias das gravações de The Flash para conhecer vários fãs! Nos dias 03 e 04, ela participou de mais uma convenção. Dessa vez, a atriz esteve na América do Sul, e participou da Comic Con Chile, em Santiago.

Na sexta-feira, Danielle conheceu fãs, tirou fotos e deu autógrafos.

Já no sábado, além das fotos e autógrafos, participou de um painel de uma hora respondendo perguntas dos fãs. Confira os destaques e fotos:

• Ao ser perguntada se sabia algo em espanhol, Danielle disse ¿Dónde está el baño? (onde é o banheiro?);

• Ela disse que não sabe de nada sobre o supercrossover da DC, com The Flash, Supergirl, Legends of Tomorrow e Arrow, mas está muito ansiosa;

• Perguntaram o porquê dos papéis voando toda vez que o Barry corre. Danielle disse que sempre ri disso, porque eles nunca usam papéis no S.T.A.R. Labs, apenas computadores. Mas quando Barry corre, aparecem papéis voando;

• Sobre gravar como Killer Frost novamente, Danielle achou que não seria possível, pois ela morreu. Mas que ficou muito feliz ao usar o traje novamente no episódio 2×22, quando Caitlin e Cisco se passam por Killer Frost e Reverb. Ela e Carlos se divertiram muito na cena;

• Seus episódios preferidos, em ambas temporadas são 13 e 14. Na primeira temporada, no 1×13 e 1×14, onde eles resgatam Ronnie e ele se torna Firestorm. E na segunda temporada, os episódios na Terra-2, 2×13 e 2×14;

• Ela não sabe nada sobre a terceira temporada, mas ficará sabendo em um mês, quando eles voltam a gravar;

• As cenas mais difíceis de gravar foram as do episódio 2×19, quando Killer Frost e Caitlin estão no esconderijo de Zoom. As vezes ela gravava com uma dublê de corpo, as vezes com nada, apenas usando a imaginação, e demora duas horas para se caracterizar como Killer Frost, então foi difícil;

• Danielle também disse que Teddy Sears fez um trabalho incrível na transição entre “Jay Garrick” e Zoom, ele é muito talentoso, e foi incrível ver o personagem doce que ele criou na primeira metade da temporada se tornar vilão;

• Se pudesse ser outro personagem, ela gostaria de ser Firestorm, para trabalhar com Victor Garber todos os dias;

• Ela não consegue escolher um personagem favorito entre todos os que interpretou, mas atualmente ela realmente ama Caitlin e Killer Frost;

• Danielle não sabe como Caitlin seria no Flashpoint, se houver um. Mas ela acredita que ela estaria feliz, casada com Ronnie, e uma médica mais frenética, animada e “bagunçada”, bem diferente da Caitlin que conhecemos.

A próxima convenção que Danielle participa será a Heroes & Villains Fan fest em Nova York nos dias 02 e 03 de Julho.

O Teen Choice Awards é uma premiação anual focada no público adolescente, apresentada pela FOX. As categorias são baseadas nas realizações do ano, na música, na TV, cinema, internet e mais.

A primeira rodada de votações foi aberta, e esse ano, pela segunda vez, Danielle Panabaker foi indicada a categoria Choice Sci-Fi TV Actress, Melhor Atriz em Série de Ficção, juntamente com as atrizes Candice King (The Vampire Diaries), Emily Bett Rickards (Arrow), Eliza Taylor (The 100), Kat Graham (The Vampire Diaries) e Lana Parilla (Once Upon a Time).

Para votar é simples:

1- Você pode votar pelo Twitter! Use a hashtag da premiação + hashtag da categoria + o user de twitter da Danielle. Um modelo de votação é “My #TeenChoice for #ChoiceSciFiTVActress is @dpanabaker.” Não esqueça as hashtags e o nome com o @! As regras de votação dizem que você pode votar apenas uma vez diariamente através de sua conta. RTs também contam como voto!

2- Você pode votar uma vez por dia pelo site http://vote.teenchoice.com/ ao logar com sua conta do facebook. Segundo o site, é apenas para quem mora nos Estados Unidos, mas você pode tentar usar uma extensão para mudar o IP de seu computador. Algumas opções são: Hola e ZenMate.

Além de Danielle, a série The Flash também foi indicada, na categoria Melhor Série de Ficção (Choice Sci-Fi TV Show), e o ator Grant Gustin indicado em Melhor Ator em série de ficção (Choice Sci-Fi TV Actor).

O processo de votação é o mesmo, apenas trocando a hashtag e o username.

Para votar em The Flash: “My #TeenChoice for #ChoiceSciFiTVShow is @CW_TheFlash.
Para votar no Grant: “My #TeenChoice for #ChoiceSciFiTVActor is @grantgust.

A votação da primeira rodada vai até o dia 02 de junho. E a premiação acontece no dia 31 de julho.

Vamos votar e torcer para a Danielle, o elenco e The Flash ganhem a votação!

Tutorial de votação pelo Facebook usando a extensão Hola.
O ZenMate funciona da mesma forma.
1- Instale a extensão de sua preferência;

2- Após, instalada, mude a bandeira do país. No Hola, funciona assim:

3- Quando a navegação estiver com a bandeira dos Estados Unidos, está pronto;

4- Agora entre em http://vote.teenchoice.com, e faça o login com sua conta do Facebook. Não se preocupe, não irá publicar nada por você!

5- Depois de logado, encontre a categoria da Danielle “Choice TV Actress: Sci-Fi/Fantasy Television”, e clique. As categorias de The Flash “Choice TV Show: Sci-Fi/Fantasy Television” e do Grant Gustin “Choice TV Actor: Sci-Fi/Fantasy Television” estão logo ao lado.

6- Procure o nome da Danielle, clique em Vote e aguarde a confirmação.

Pronto! Você pode votar uma vez por dia pelo facebook e pelo twitter.

Na noite passada, foi ao ar na The CW o último episódio da segunda temporada de The Flash. Danielle Panabaker conversou com o site Comic Book Resource sobre o grande final da temporada, como foi interpretar Killer Fros, a possibilidade de Caitlin Snow da Terra 1 seguir o mesmo destino obscuro de sua sósia da Terra 2 e mais. Confira:

Com sua combinação de inteligência e coragem, Caitlin Snow de “The Flash” dificilmente é uma donzela em perigo. A cientista do S.T.A.R. Labs costuma usar suas habilidades para salvar o dia em inúmeras ocasiões – mas sua inteligência não foi capaz de mantê-la longe das garras do velocista malvado conhecido como Zoom.

Em uma tentativa de trazer Caitlin para o seu lado, o homem que se passava por Jay Garrick sequestrou Caitlin, escondendo-a na Terra 2. Zoom falhou, é claro, e Caitlin, sempre engenhosa, escapou e se juntou ao Time Flash. Agora, no último episódio da temporada, Caitlin irá até o seu limite para ajudar Barry a livrar a Terra 1 de Zoom – de uma vez por todas.

Perto do último capítulo da segunda temporada, a atriz Danielle Panabaker conversou com o CBR News sobre a mágoa de Caitlin e sua vingança pessoal contra Zoom. Ela também abriu o jogo sobre o quanto ela gostou de deixar seu lado malvado tomar conta como Killer Frost, sua surpresa ao saber a identidade do homem da máscara de ferro, e o quanto ela espera que os fãs irão gostar do que o final reserva para a terceira temporada.

Desde a temporada passada, tanto você quanto quem assiste a série têm antecipado a transformação de Caitlin em Killer Frost. Quão legal foi incorporar a personagem? Foi de acordo com as suas expectativas?

Foi muito legal. Um pouco assustador no começo. Eu estava um pouco intimidada para assumir a personagem, porque tenho interpretado a Caitlin por tanto tempo e era um papel tão diferente. Me sinto muito sortuda de ter tido a oportunidade de fazer isso. Eu fiz uma pequena pesquisa. Nosso produtor-executivo, Andrew Kreisberg, tentou me dar uma direção, assistir os antigos filmes originais do Batman, a Catwomam de Michelle Pfeiffer e Poison Ivy de Uma Thurmam. Foi divertido voltar e assistir esses [filmes] para me inspirar.

Por que era tão importante ela ter uma conexão com o Ronnie Raymond da Terra 2, em que ele meio que derretia o coração dela?

Isso que é tão legal sobre o relacionamento deles e a dinâmica Firestorm/Killer Frost. Foi divertido ver isso e continuar dizendo “O único homem que posso beijar é o único que eu quero.” E foi ótimo ver o romance entre Caitlin Snow e Ronnie Raymond tão diferente do que nós vimos na Terra 1.

Caitlin também formou uma parceria forte com Jay Garrick durante a temporada. Qual foi a sua reação quando descobriu que ele, na verdade, era Zoom?

Honestamente, eu já sabia antes mesmo deles apresentarem o personagem Jay Garrick. Foi realmetne divertido interpretar durante a temporada. Eu tenho que dizer o quão impressionada fiquei com a performance de Teddy Sears, de ver ele realmente fazer dois personagens completamente diferentes. Jay Garrick é tão doce, e quando nós conhecemos Hunter Zolomon ou Zoom, acho que Teddy fez um trabalho incrível o retratando.

Não houve nem mesmo uma única indicação para os fãs de que poderia haver algo mais sobre Jay.

Teve que ser um pouco diferente do que ano passado com o Harrison Wells de Tom Cavanagh, onde bem cedo você já estava tendo dúvidas sobre ele. Esse ano, Jay parecia tão amável. Não tinha como imaginar que algo estava errado.

Zoom definitivamente veio com um plano de jogo, mas inesperadamente ele desenvolveu sentimentos pela Caitlin. Você sente que isso atrapalhou seus planos?

Eu acho que causou problemas a ele. O atrasou um pouco . Ele se apaixonou por Caitlin – ele a levou de volta para a Terra 2. Tentou convencê-la a ficar no time Zoom ao invés do time Flash. Eu acho que isso o distraiu um pouco de seu propósito, o que pode ser um benefício para o time Flash.

Caitlin foi totalmente surpreendida pela verdadeira identidade de Jay. Existe alguma parte dela que ainda se preocupa com ele?

Eu acho que não. É até mesmo difícil saber quem ele é. Ele está praticamente levando uma vida dupla. Eu acho que há alguma parte dela que provavelmente pode ter empatia por tudo que ele passou, mas não tenho certeza se ela continua se importando com ele.

Qual o papel de Caitlin em ajudar Barry a derrotar Zoom?

Caitlin tem uma função muito grande se tratando de derrotar Zoom. Ela tem uma ligação muito pessoal a isso, e um pouco de vingança. Ela quer pegar Zoom, por isso está disposta a ir até novos extremos para se vingar por tudo que ele fez a ela.

O que está em jogo no último episódio?

O que é muito incrível sobre a nossa série é que não é só o último episódio, mas eu sinto que os últimos dois episódios [21 e 22] foram gigantescos. Obviamente, “Invincible” trouxe algumas coisas loucas. Estou interessada em ver a resposta dos fãs sobre o final. Definitivamente irá chocá-los. Vamos ver o que isso significará para a terceira temporada.

Um dos mistérios tem sido a identidade do homem por trás da máscara de ferro. Tem havido muita especulação sobre quem poderia ser. Quão surpreso você acha que o público ficará com a revelação?

Foi muito divertido no início da temporada – quando não sabíamos nada sobre a Terra 2 e como eram todos os sósias (doppelgänger) – e começamos a tentar adivinhar. Eu estive recentemente com Robbie Amell e rimos sobre quão divertido seria se fosse ele. Obviamente, não poderia ser, porque conhecemos Deathstorm. Assim que conhecemos mais e mais personagens, fomos eliminando as opções sobre quem era. É uma grande revelação. Fiquei tão surpresa. Estar no set assistindo isso foi muito especial.

Como o final da segunda temporada prepara a base para o próximo ano?

Para ser sincera, eu não sei muito sobre a terceira temporada. Eles acabaram de começar a escrever. Eles tem alguns novos escritos incríveis a bordo. Isso irá trazer coisas novas para a terceira temporada. Mas até eu fiquei chocada pela forma como acabaram a segunda. Estou ansiosa para ver o que isso significa.

Inicialmente, Cisco estava preocupado que a morte de Ronnie levaria Caitlin a abraçar seu lado obscuro. Agora, ela perdeu alguém. Pra você, a Caitlin da Terra 1 tem potencial para se transformar em Killer Frost?

Eu acho que ela tem o potencial de se transformar em Killer Frost. Ela passou por muita coisa. Seria bom se ela tivesse um descanso e pudéssemos ver um lado mais feliz de Caitlin por um minuto, mas ela tem o potencial em algum ponto. Você nunca sabe o que a vida pode jogar nela.

O episódio “The Runaway Dinosaur,” recebeu vários elogios dos fãs. Como foi ser dirigida por Kevin Smith?

Foi incrível. Infelizmente, estou decepcionada que não estive muito no episódio. Teddy [Sears] não estava disponível porque estava filmando o piloto da série que ele conseguiu, por isso estou feliz por ele. Foi chato para mim não estar por lá durante o episódio, porque Kevin Smith acrescentou muito para a série, muito coração e calor. Ele inspirou nossa equipe, quase no final da temporada quando todo mundo está realmente ficando desgastado. Kevin trouxe uma nova energia e nova vida ao set. Sou muito grata a ele por isso.

Fonte: Comic Book Resources
Tradução feita pelo Danielle Panabaker Brasil. Se repostar, por favor, credite.

23.05.2016

Planet Comic Con

Nesse final de semana, Danielle Panabaker esteve em Kansas City, nos Estados Unidos para a Planet Comic Con.

Era previsto que a atriz participasse do evento durante o sábado e domingo, mas ela chegou antes, na sexta-feira e teve um dia a mais para conhecer os fãs.

Na galeria, estão algumas fotos que Danielle tirou com fãs na área dos autógrafos.

E os Photo Op, que são fotos pagas e tiradas pelo fotógrafo profissional do evento.

No sábado, além de tirar fotos e dar autógrafos, Danielle participou de um painel de perguntas e respostas com o ator Arthur Darvill, o Rip Hunter de Legends of Tomorrow, e conhecido por interpretar Rory Williams na série Doctor Who.

Confira as fotos do painel: