Nesta quinta-feira (05), Danielle Panabaker divulgou uma nova campanha em apoio à instituição Art of Elysium. Por meio do site Represent, a atriz criou uma estampa com os dizeres “art is a superpower” (Arte é um super poder), nas opções de camiseta e moletom. Todo o dinheiro arrecadado com a venda dos produtos será doado integralmente à instituição. Os produtos estão disponíveis por tempo limitado de duas semanas, até o dia 19 de outubro.

Você pode adquirir o produto por meio do site https://represent.com/danielle/


Art of Elysium

A Art of Elysium é uma organização sem fins lucrativos que acredita em usar a arte como uma catalisador da mudança social. A missão da instituição é capacitar artistas e comunidades carentes a se unirem e triunfarem emocionalmente por meio da arte. Fornecem espaço emocional e físico para a troca entre artistas e a comunidade. Há programas da Art of Elysium em hospitais, centros de educação para necessidade especiais, abrigos, casas de repouso para idosos e centros de cuidados paliativos. Os programas incluem Belas Artes, Design de Moda, Música, Mídia, Teatro e programas de auto-estima com base nas artes.

Saiba mais sobre a instituição: http://www.theartofelysium.org/

Danielle Panabaker realizou uma livestream em seu Facebook onde conta mais sobre a campanha e fala sobre a sua participação voluntária na Art of Elysium há 10 anos.

A The CW divulgou o primeiro pôster do grande crossover que acontecerá entre The Flash, Supergirl, Arrow e Legends of Tomorrow este ano. Para nossa surpresa, o pôster, entitulado “Crise na Terra-X” traz Killer Frost do lado dos herois em uma batalha contra os doppelgangers da Terra-X. Com isso, o site Comic Book traz a personagem como um dos pontos de discussão sobre o pôster. Confira a tradução na íntegra:

Killer Frost tem sido uma curiosa personagem desde o seu surgimento.

Durante anos, os fãs queriam saber como e quando Caitlin Snow se tornaria Killer Frost, e se perguntavam se alguma coisa levaria ela a se tornar malvada.

Em vez de ser conduzida a isso, Killer Frost chegou mais ou menos totalmente formada como vilã, com uma personalidade semelhante a de sua cópia da Terra-2, aparentemente levando-a assim que ela desenvolveu poderes.

No poster de “Crise na Terra-X”, vemos que ela está se juntando aos herois contra seus doppelgangers, o que obviamente é algo bem-vindo, mas levanta a questão: como ela será tratada em The Flash nesta temporada?

Nós vimos Caitlin atendendo em um bar [clique aqui para ver] e uma cena no trailer com Killer Frost que sugere que ela não está mais interessada em fazer parte do time Flash… mas ela já não parece tão malvada.

Então, qual é a dela?

Tradução por Danielle Panabaker Brasil – Não reproduza sem os créditos

Fonte: Comic Book

Os episódios do crossover irão ao ar nos dias 27 e 28 de Novembro.

Rose City Comic Con
Rose City Comic Con
DPBR postou isso no dia 11.09.2017!

Neste final de semana, Danielle Panabaker esteve em Portland onde participou da convenção Rose City Comic Con junto com Carlos Valdes.

No sábado (09), os dois participaram de um painel de perguntas e respostas. Confira os destaques:

Como se sentem sobre um spin-off?
Danielle: Eu sempre quero Caitlin e Cisco passando mais tempo juntos.

Quando Carlos e Danielle fizeram audição para a série, eles conheciame Killer Frost e Vibro?
Danielle: Pesquisei no Google.
Carlos: Não.

A quarta temporada é a favorita dos dois.

Danielle: “Um dos meus momentos favoritos é quando todo mundo está em uma cena juntos… e quando Jesse quer jogar 7-up”

Sobre vilões, Danielle está animada para o Thinker (DeVoe).

Leva mais ou menos de uma hora e meia à duas horas para Danielle ficar pronta como Killer Frost.

A plateia do painel cantou feliz aniversário adiantado para a Danielle (seu aniversário é dia 19/09) e o Carlos fez beat box.

Danielle comparou Layla e Killer Frost onde ambas requerem que ela jogue/atire os braços.

Assim como no sábado, no domingo (10), Danielle conheceu fãs, concedeu autógrafos e tirou fotos.

A próxima convenção agendada até o momento para Danielle é a Fan Expo, em Vancouver, nos dias 10 a 12 de novembro.

Durante a convenção Dragon Con, no último final de semana, Danielle Panabaker conversou com a imprensa em uma coletiva. Trazemos mais um artigo, dessa vez do site The Mary Sue, com algumas novidades que a atriz compartilhou sobre a quarta temporada de The Flash. Além disso, a publicação do site traz uma discussão importante sobre a falta de histórias independentes das personagens femininas da série. Confira a tradução na íntegra:

A terceira temporada de The Flash trouxe mudanças significativas para a maior parte do nosso amado time. Entretanto, ninguém teve uma evolução melhor do que Caitlin Snow. Durante 23 episódios, os fãs assistiram a afiada bioengenheira lidar internamente com sua alter-ego rainha do gelo, Killer Frost. Durante coletiva de imprensa na Dragon Con no último final de semana, Danielle Panabaker conversou um pouco sobre a diversão que tem ao dividir seu tempo de dela entre duas personalidades drasticamente diferentes.

“Honestamente, eu amo poder interpretar as duas,” diz Panabaker. “Eu amo Caitlin. Eu amo que ela é uma mulher tão inteligente e que sua inteligência é celebrada e encorajada. E então ter a oportunidade de estar em uma série de superherois e interpretar uma vilã, e levar isso muito longe… Eu sempre digo que essa é a diversão de ser uma vilã em nossa série, você realmente pode levar além. Você não é limitado a “tentar manter real,” então você se diverte muito com isso.”

Quando perguntada sobre o que estava mais animada para gravar durante a terceira temporada, Panabaker conta “Eu estava realmente muito animada para o episódio sete. Eu lutei um pouco porque … nós começamos a seguir este caminho de lidar com as coisas de Killer Frost e então eles se esqueceram disso por algum tempo. Então eu estava ansiosa para voltar a isso e demorou um pouco.”

Assim que continuamos a falar sobre a temporada passada, o assunto sobre crossovers aparece. Desde o início da série, uma das coisas constantes que a audiência pode esperar são momentos em que a equipe Flash se junta com a equipe Arrow, Supergirl ou Legends of Tomorrow para salvar o planeta. Quando perguntada de com quem ela gostaria de dividir cena, Panabaker rapidamente respondeu a mais poderosa kryptoniana.

“Eu adoraria participar de Supergirl,” ela confessa. “Eles possuem tantas mulheres incríveis na série. Nós continuamos a adicionar mais e mais homens à nossa série; Supergirl continua adicionando mais e mais mulheres. Então eu gostaria de passar um tempo com elas.”

Danielle levanta um ponto excelente sobre The Flash, uma crítica que muitas das telespectadores tem reclamado por anos. A última temporada, especialmente, chamou a atenção para o tratamento da série em relação tanto à Caitlin meta-humana (sério, os poderes dela precisavam ter um desenvolvimento tão negativo???) e Iris West, que raramente teve mais o que fazer do que confortar Barry, mesmo com a ameaça de sua inevitável morte. As fãs das mulheres da equipe Flash podem esperar algo diferente para a nova temporada, especialmente após a ida de Barry para a Força de Aceleração?

“Iris certamente cresce e assume um papel mais de liderança,” Panabaker nos garante. “A equipe Flash certamente está tentando funcionar até mesmo sem Barry… Kid Flash, obviamente, está tentando suprir a falta do Flash. E você tem Cisco e Vibro que estão tentando ajudar tambem.”

E para Caitlin? Bom, o trailer da quarta temporada que foi lançado na San Diego Comic Con certamente deu a forte impressão que Caitlin estava de volta ao STAR Labs e pronta para lutar do lado dos bonzinhos. Isso, no entanto, pode ter sido um pouco na direção errada, em termos de início da temporada: quando a série retornar em outubro, Dra. Snow não fará parte da equipe Flash.

Panabaker explica, “Em geral na temporada, Caitlin ainda está tentando lidar com as coisas por conta própria.”

Embora não pudesse revelar muito mais sobre a quarta temporada, Danielle Panabaker está certa de que os fãs da bioengenheira e de seu alter-ego congelante estarão satisfeitos com o que está por vir.

“Se você gosta de Caitlin Snow, não ficará decepcionado. Se gosta da Killer Frost, você não ficará decepcionado.”

Fonte: The Mary Sue

Tradução por Danielle Panabaker Brasil – Não reproduza sem os créditos